terça-feira, 12 de abril de 2011

Título em cima do Fla tem gosto de revanche para juniores do Botafogo

Cidinho lembra da final do Estadual de 2010, perdida para o rival, e admite que ficou emocionado após vencer o Rubro-Negro neste domingo


A data era 16 de outubro de 2010. Os sonhos de 22 meninos entravam em campo. Era a final do Campeonato Carioca Juvenil. Ao último apito, o gramado virou palco de uma festa rubro-negra. O Flamengo venceu o Botafogo por 2 a 0 e levantou o troféu. Do outro lado do campo, descendo as escadas para o vestiário, Cidinho chorava, lamentando a perda do título. Mas com uma certeza: o dia da virada iria chegar.
E ele chegou. Demorou seis meses, mas chegou. Neste domingo, Cidinho chorou novamente. Só que dessa vez as lágrimas eram de alegria. O Botafogo bateu o rival rubro-negro por 1 a 0 e conquistou a Taça Guanabara. Um troféu que teve um gosto a mais para o meia alvinegro.
- No ano passado, eu perdi para eles. Então, fiquei emocionado quando ganhamos agora. Comecei a chorar. Foi muito bom ganhar deles – disse Cidinho.
juniores do Botafogo no centro de treinamento (Foto: Mariana Kneipp / GLOBOESPORTE.COM)Jeferson, Jairo e Cidinho comemoram o título alvinegro (Foto: Mariana Kneipp / GLOBOESPORTE.COM)
Autor do gol de pênalti que terminou com um jejum de dez anos sem títulos de turnos estaduais dos Juniores do Botafogo, Jairo resumiu o sentimento da equipe com uma frase conhecida da torcida rival.
- Flamengo é Flamengo. Ganhar deles é muito bom.
Já o meia Jeferson preferiu não polemizar e apenas lembrou da importância que a conquista terá no futuro dos três jogadores, que já foram relacionados para o time profissional em 2011, e para o restante do grupo.
- Estou há dois meses no clube e já cheguei com título. Isso é muito importante para a gente, para subir o mais rápido possível para os profissionais. Assim, subimos com mais peso – concluiu

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Mínino e máximo