sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Dedo na venta forever

UFERSA Pau dos Ferros vai ofertar 700 vagas anuais


 Reunião com vários segmentos da sociedade civil organizada de Pau dos Ferros
 Uma das audiências públicas na busca pela conquista da UFERSA
Obras do campus da UFERSA em Pau dos Ferros
Fruto de um grande processo de articulação política, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Ufersa - chega a Pau dos Ferros. Com ela, a possibilidade de realização do sonho de milhares de jovens de Pau dos Ferros e região, que anseiam concluir um curso superior.
Até que a população recebesse a confirmação, o Prefeito de Pau dos Ferros, Leonardo Rego, relata que houve uma grande articulação política junto à bancada Federal e ao Ministério da Educação.

“Promovemos, aqui em Pau dos Ferros, diversas reuniões com representantes da sociedade civil organizada, que participaram de forma ativa desta conquista, assim como, com prefeitos da região, todos empenhados nesta importante conquista”, destacou, Leonardo.
Além disto, outras viagens foram promovidas até Brasília, onde foi possível cobrar, junto ao Governo Federal e a bancada do RN, a alocação de recursos no orçamento, para construção e estruturação da Ufersa, assim como, a liberação desses recursos.

O Reitor da Ufersa, Josivan Barbosa, destaca que esse empenho foi fundamental para essa conquista. Segundo ele, Pau dos Ferros destacou-se por sua determinação, e vai colher ótimos frutos, com a chegada da Ufersa.

Ainda de acordo como Reitor, a Universidade vai começar a funcionar ainda em 2012, no campus do IFRN, e ressalta que mesmo sem a conclusão das obras, será possível iniciar as aulas.

A Ufersa-Pau dos Ferros vai oferecer, anualmente, 700 vagas, sendo que 300 vagas serão destinadas ao bacharelado em Ciência e Tecnologia, outras 100 em cursos de licenciatura, que ainda não foi definido pela reitoria, e, por fim, 5 engenharias (ainda não definidas com 60 vagas cada).

“Estamos vendo a oportunidade dos jovens realizarem o grande sonho da universidade, estando em casa, próximo da família, sem ser preciso ir morar em outra cidade” frisou Leonardo. 

Josivan destacou que esses cursos vão representar um grande impulso para o desenvolvimento de Pau dos Ferros, da região e de cidades do Ceará e Paraíba.

“Atuamos de forma abnegada por essa conquista, pois sabemos da importância e dos grandes resultados que uma universidade pode proporcionar. Pau dos Ferros viveu um momento onde vários segmentos da sociedade se uniram e obtiveram mais esta grande conquista”, comemorou Leonardo.


Créditos: Franskin Leite

Enviado por João Paulo

Nenhum comentário:

Mínino e máximo